Diretora da Mulher da FESSP-ESP e NCST/SP participa de Ato das Mulheres das Centrais em Defesa da Aposentadoria

Em consonância com as diretrizes definidas pelo “Fórum Nacional de Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais (FNMT)”, centenas de trabalhadoras das Centrais (Nova Central Sindical de Trabalhadores, CUT, CTB, UGT, Força Sindical e CSB) do estado de São Paulo se reuniram, no dia de ontem (26/09/17), em frente à sede da Superintendência Regional do INSS, no Viaduto Santa Efigênia em São Paulo, para protestar contra a “reforma” da Previdência proposta pelo Governo Federal, com o tema “Mulheres em Defesa da Aposentadoria” e mostrar a união das mulheres das Centrais nessa luta.

Kátia Rodrigues, diretora de Assuntos da Mulher da FESSP-ESP, e atual diretora da mesma pasta na Nova Central Sindical de Trabalhadores (SP), representou as entidades e as servidoras públicas na ocasião. “O que temos aqui é a nossa união, porque juntas somos mais fortes. A mulher já sofre com os assédios, moral e sexual, e com a sua carga horária dupla – quiçá tripla – e agora o Governo quer nos igualar com os homens com a desculpa que está fazendo justiça. Não podemos igualar os desiguais, por isso estamos aqui clamando por nossos direitos e exigindo que nenhum direito do trabalhador e da trabalhadora seja retirado. A FESSP-ESP e a NCST estão empenhadas nessa batalha até o fim. Contem com o nosso trabalho, porque estamos juntas nessa luta”, destacou Kátia.

Kátia Rodrigues ainda informou que o ato foi realizado a nível nacional e que mobilizações semelhantes estavam ocorrendo nas Superintendências dos postos do INSS nas principais capitais do Brasil. Em todas as mobilizações, as Centrais participantes do FNMT também estavam presentes. A diretora representou, também, na ocasião, a secretária nacional para Assuntos da Mulher da NCST, Sônia Maria Zerino.

A presidente do SINTELPOL (Sindicato dos Trabalhadores em Telemática Policial do Estado de São Paulo), Rosely Guido, e secretária-geral da entidade, Nadir Aparecida de Toledo Guerrero, a convite da FESSP-ESP, participaram da mobilização para engrandecer a luta e mostrar a força da servidora pública nas propostas reivindicadas pelas mulheres.

Kátia Rodrigues discursa em frente à Superintendência do INSS, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *