DIRETORES DA FESSP-ESP PARTICIPAM DO ENCONTRO DO FORUM SINDICAL DOS TRABALHADORES FST

O Fórum Sindical dos Trabalhadores, que representa Confederações urbanas e rurais, realizou nesta terça-feira, 17 de abril de 2018, o Encontro Preparatório para o Congresso Nacional dos Trabalhadores, que ocorrerá no mês de agosto, em Praia Grande, Litoral paulista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Presidente da FESSP-ESP, Lineu Neves Mazano, representando também a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, participou da mesa diretora dos trabalhos e falou sobre o Movimento “BASTA”.

Diretores da FESSP-ESP, Isaias Celestino, Mauro de Campos, Joalve Vasconcelos, Katia Rodrigues e Paulo Carvalho Catelan, participaram do encontro, reforçando a presença das lideranças que vieram de várias localidades.

A diretora da FESSP-ESP, Katia Rodrigues fez várias abordagens dentre as quais  sobre o desgaste dos servidores da Saúde e das condições da mulher trabalhadora.

“A ideia do Encontro foi debater a conjuntura nacional e suas consequências na vida dos trabalhadores e do movimento sindical”, adianta. “Após cinco meses da nova lei trabalhista, o resultado é menos empregos formais e mais trabalho precário; menos consumo e mais arrocho salarial; menos crescimento econômico e mais concentração da renda”, critica Artur Bueno de Camargo, Coordenador Nacional do FST.

Segundo o dirigente do FST, o Congresso de agosto deverá reforçar propostas de resistência à nova lei trabalhista, superação das dificuldades cotidianas das entidades e também unificar ações voltadas ao custeio. Artur destaca ainda a importância do debate político: “A situação é muito desfavorável ao trabalhador na Câmara e no Senado. É preciso mudar isso, por meio do voto consciente e classista”, diz.

Durante o encontro, foram apresentados os princípios do Movimento “BASTA” onde, para o coordenador do Fórum, o sindicalismo deve divulgar candidaturas comprometidas com o desenvolvimento nacional. “Estamos apoiando o movimento Basta!, que participará do Encontro. A ideia é montar uma plataforma digital, que vai ajudar na escolha de nomes alinhados às bandeiras populares e trabalhistas”, afirma.

 

Segundo Artur Bueno, o movimento sindical deverá informar às bases o perfil dos candidatos novos ou dos que buscam a reeleição. “O movimento deve lançar candidatos também. Precisamos ocupar mais espaço político”, comenta.

Dentre as propostas apresentadas, ficou deliberado que o Congresso do FST ocorrerá no Município de Praia Grande durante os dias 10, 11 e 12 de agosto de 2018. A FESSP-ESP divulgará as demais deliberações aprovadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *