FESSP-ESP e Nova Central unidas em defesa dos direitos dos trabalhadores

Na manhã da última terça-feira, 20 de junho, diretores da FESSP-ESP participaram de um ato unificado das Centrais Sindicais contra as reformas propostas pelo Governo Federal. Desde o início da manhã (por volta das 6h), Kátia Rodrigues, diretora de Assuntos da Mulher, e Paulo Carvalho Catelan, diretor de Assuntos Jurídicos, ambos diretores da FESSP-ESP, panfletaram – juntamente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – na saída do Metrô Sé, na Praça da Sé. O intuito da ação foi o alertar a população sobre os perversos detalhes das “reformas” e informar sobre o as mobilizações do “Junho de Lutas”, organizado pelas Centrais e que culminará em uma Greve Geral no dia 30 de junho.

Após o ato na Praça da Sé, os sindicalistas marcharam no Centro de São Paulo em um ato conjunto das Centrais, clamando pela manutenção dos direitos dos trabalhadores e aposentados do Brasil. Kátia Rodrigues, diretora da FESSP-ESP, falou aos presentes (em nome das mulheres) sobre o posicionamento da Federação e da Central em relação ao enfrentamento feito às reformas e sobre a luta unificada que as mulheres das Centrais estão realizando. “Nós, mulheres, estamos aqui hoje desde às 6 horas da manhã porque um motivo maior nos fez sair de casa tão cedo. Temos o dever de levar a informação ao trabalhador, pois ele não tem meios de saber a verdade e o quanto será afetado com todas essas propostas de reformas do Governo. As mulheres de todas as Centrais Sindicais estão de parabéns, pois estão unidas por um bem comum, que é a luta pelos direitos dos trabalhadores. Não podemos ter preconceito ou distinção. Neste momento todas são iguais, pois seremos igualmente prejudicadas caso o Governo vença essa batalha”, destacou Kátia.

A diretora da Mulher da FESSP-ESP ainda convocou os presentes para o ato que seria realizado no fim da tarde na Praça da Sé. “É muito importante que estejamos todos aqui na Praça da Sé às 17 horas para participarmos de um grande ato contra as reformas. Companheiros, temos que mostrar a nossa força e agora é a nossa hora”, finalizou Kátia.

A Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo (FESSP-ESP), parabeniza as Centrais Sindicais, em especial a Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), pelo trabalho que está sendo realizado no enfrentamento das mazelas propostas pelo Governo Federal. A FESSP-ESP coloca-se à disposição para o fortalecimento da luta em defesa aos direitos do trabalhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *