FÓRUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO EM DEFESA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS – VEJA AQUI OS PRINCIPAIS ENCAMINHAMENTOS DURANTE AS REUNIÕES

FÓRUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO EM DEFESA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS – VEJA AQUI OS PRINCIPAIS ENCAMINHAMENTOS DURANTE AS REUNIÕES

 RELATO DA REUNIÃO OCORRIDA NO DIA 05/09/2017

Na data de 05/09/2017, com intuito de formar frentes de luta e combater o conjunto de propostas formuladas pelo Governo, aprovadas pelo Congresso Nacional e validadas pelo Judiciário, várias Centrais Sindicais e entidades,  reuniram-se e debateram a situação do serviço público e seus servidores.

Compareceram representantes das seguintes Centrais e Entidades: CUT/SP, CTB, INTERSINDICAL, NCST/SP, PÚBLICA, ADUNESP, FESTMESP, SINTAP, STAP, APASE, SINSEXRPO, CORREIOS, APEOESP, INTERSINDICAL, SINDEST, SIND METROVIÁRIOS, SIND. SERV GUARULHOS, STAP GUARULHOS, SINFAR, SINDEMA, SIFUSPESP, SINTRAEMFA, AFUSE, SINPEEM, ADUNESP, SINDSEP, SINPOLSAN, SINDQUINZE.

A Nova Central Sindical de Trabalhadores de São Paulo foi representada por seu presidente Luiz Gonçalves, acompanhado por diversas lideranças do plano do serviço público da NCST/SP.

Mediante várias intervenções os encaminhamentos propostos apontaram para a formação de um calendário unificado de lutas e mobilizações envolvendo fortemente o funcionalismo público estadual, municipal e federal.

Após os debates em plenário, foram aprovados os seguintes encaminhamentos:

1)    Campanha permanente em defesa do funcionalismo público, começando na primeira semana de outubro, com realização de audiências públicas;

2)   Criação de um GT composto por todas as Centrais Sindicais e Federações do Serviço Público Municipal, Estadual e Federal;

3)   Calendário de lutas e mobilizações;

4)   Participação das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e dos Sindicatos privados nas lutas;

5)   Articular a participação de sindicatos e associações que não estavam presentes nesta reunião para fortalecer o dia de paralisação;

6)   Encontro das estatais e das empresas em processo de privatização;

7)   Formulação da pauta de reivindicações dos servidores municipais, estaduais e federal junto aos respectivos governos;

8)   Realização de seminário do conjunto do funcionalismo em novembro;

9)   15 de setembro (sexta feira) 16 horas – Ato Unificado “esquenta” na Praça da República após a Assembleia da APEOESP;

10) De 02 a 13 de outubro – audiências e aulas públicas pelo estado sobre a importância do serviço público;

11)  De 16 a 20 de outubro – panfletagem pelo estado;

12) Dia 27/10/2017 – Paralisações das categorias com ato público unificado do funcionalismo (local a definir);

Foi também deliberado a construção de dois materiais, sendo um que fala direto com a população em geral abordando a importância do serviço e servidor público e outro material direcionado aos trabalhadores/trabalhadoras explicando sobre o dia de paralisação com as seguintes abordagens:

  • Contra a reforma da previdência
  • Combate à terceirização
  • Luta contra a aplicação da reforma trabalhista
  • Defesa do serviço e do servidor público
  • Pela preservação dos empregos e salários
  • Contra os pacotes de privatizações dos governos: municipal, estadual e federal.

 

 

 FORUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO

RELATO DA REUNIÃO OCORRIDA EM 18/09/2017

No dia 18/09/2017, dando sequência às propostas e deliberações, as Centrais e Entidades que compõem o FÓRUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO reuniram-se para tratar dos encaminhamentos e mobilizações bem como ações conjuntas a serem realizadas no conjunto das Centrais e Entidades.

Compareceram as seguintes Centrais e Entidades: Centrais Sindicais- CUT, CTB, Força Sindical, Nova Central e Pública, Sindicatos: Apeoesp, Sabesp, Saúde, Correios, Executivo, Judiciários (Sindjesp), Unicamp, Guarda Cívil, Municipais entre outros. A Nova Central Sindical de Trabalhadores SP, foi representada por Mauro de Campos e Fabio Marcelo Pimentel.

Dentre os temas debatidos foram deliberados os seguintes encaminhamentos:

1) Calendário de lutas;

2) Outubro em Defesa do Serviço Público e do Servidor;

3) Audiência Pública na Alesp- será marcada numa terça a tarde, com fala no Colégio de Lideres, onde devemos conversar com os deputados Estaduais;

4) Visita na APM- Associação Paulista dos Munícipios;

5) Marcar audiência com o governador para entregar a pauta;

6) Dia 27/10, às 16h, na Av. Paulista, Ato e Manifestação em frente ao Escritório da Presidência da República. Entrega de Pauta de Reivindicações e Contra as Reformas;

7) Dia 27/10- Pela manhã, Concentrações das categorias em vários locais: Apeoesp: na Pça da República; Saúde no Hospital das Clinicas; Judiciários: na Pça João Mendes; Municipais: nas prefeituras e no Viaduto do Chá; Sabesp: na frente da sede da empresa, Etc. Depois essas categorias sairão em passeata para Av. Paulista, sendo que, as que puderem se unificarão no centro e seguirão juntas.

8) Temas:* Pauta comum de reivindicações dos funcionários estaduais;

9) Contra as Reformas, Terceirizações e Privatizações, contra a PEC 55;

10) Em defesa dos Serviços Públicos para atender a população (Nas esferas: Federal, Estadual e Municipal).

11) Materiais: a) Jornal 4 páginas, com uma parte geral e cada Central escreverá sobre seus setores principais, espaço de 1 pág e 1/2-; b) Cada Central ficará responsável pela impressão; c) Gibi- Cartilha sobre a importância dos serviços públicos que a população utiliza; d) Um panfleto urgente de meia página convocando os funcionários da base de cada categoria; e) Utilizar as redes sociais com “memes” e “vídeos” rápidos; f) Distribuição, Organização e Preparação; g) Serão formadas as equipes para as panfletagens gerais e cada setor organiza a divulgação nos locais de trabalho; h) GT de Comunicação – Jornalistas das Centrais e Sindicatos: Reunião dia 25/09, às 14 h na CUT SP; i) GT de Mobilização – Um representante de cada Central;

12) Empresas Públicas- Será marcada uma Reunião Específica, porém aberta para tratar do tema;

*Próxima Reunião do Coletivo Amplo do Fórum do Funcionalismo Público Estadual SP- Dia 02/10/2017 , segunda, às 14 h, na CUT SP;

Essas são as linhas gerais dos encaminhamentos propostos pelo recém criado “Fórum do Funcionalismo Público – SP”.

FORUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO

RELATO DA REUNIÃO OCORRIDA EM 02/10/2017

No dia 02/10/2017, o “FÓRUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO” reuniu-se com vários representantes das Centrais Sindicais para tratar dos encaminhamentos dos Atos e mobilizações a serem realizados seguindo os propósitos da pauta unificada para debater estratégias de luta em defesa do Serviço Público. Representando a Nova Central Sindical de Trabalhadores, compareceram Mauro de Campos e Fabio Marcelo Pimentel.

A Pauta do dia foi a seguinte:

1) Reunião dos Jornalistas- mesmo dia, local e horário.

2) Empresas Públicas;

3) GT de Mobilização;

4) Encontro Estadual da CCM/Iamspe- Dia 25/10 na Alesp.

Uma das principais pautas e bandeiras de luta será assegurar que sejam pagos os direitos e pendências salariais dos funcionários públicos no orçamento de 2018.

Dia 17/10/2017 – “OCUPA ALESP” – Foi reservada essa data para um dia de intenso trabalho e mobilizações no âmbito da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e trabalhos específicos na Câmara Municipal de São Paulo; Realização de encontro estadual – SP na ALESP, para tratar de assuntos que envolvem empresas públicas e entrega de Pautas de Reivindicações no Colégio de Líderes dispondo sobre Pautas Gerais: a) Reajuste Salarial; b) Mesa de Negociação Coletiva – Convenção 151 da OIT e c) Concurso Público.

MATERIAL:

1)    BOLETIM DIRECIONADO AO CIDADÃO: Foi apresentado um Boletim em formato/Quadrinhos na parte frente e verso vários textos. A plenária solicitou alteração para que o Boletim conste apenas quadrinhos e tiras com frases sugeridas pelas entidades.

2)   JORNAL DIRECIONADO AO SERVIDOR: O Jornal, de distribuição interna e com 4 páginas, será direcionado ao Servidor e fará constar detalhamentos das reivindicações.

3)   Cada entidade deverá enviar até dia 04/10/2017, frases curtas da sua realidade ou texto também, curto.

4)   O GT Comunicação deverá se reunir no dia 05/10/2017 às 10 horas visando agregar e construir texto diagramado.

A organização do “FÓRUM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO” encaminhará maiores detalhamentos acerca das deliberações informadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *